Lembram-se do ? Pois é, ele cresceu imenso. Esperávamos que ele fosse grande, mas não esperávamos que ele crescesse tanto. Neste momento tem 10 meses e 41kg em cima.
Há quem se desvie com medo dele, há quem o associe as chamadas "raças potencialmente perigosas" e por isso o metam de parte, há quem afaste os seus cães dele, mas também há quem nos pare para lhe fazer umas festas, há quem nos diga que ele é lindo e há quem se apaixone por ele.
Ele tem musculo,  mas também tem esta cara de bebé. Tem um coração gigante e imensas lambidelas para dar a quem quiser. Quer brincar com todos os cães que vê e quer colinho na hora de dormir. Ele é um bebé. Um bebé grande. Um bebé amor. E já não consigo imaginar a nossa vida sem ele. Sem os empurrões porque não tem noção do espaço, ou sem as chicoteadas dadas com a cauda que tanto abana quando está feliz, ou sem os abraços inesperados quando me ajoelho para brincar com ele, ou sem a cara de parvo que faz quando vê um pau. Já não imagino os meus dias sem os ver a lutar à noite e a acabar essa mesma luta com lavagens de orelhas.
Este monstro gigante veio encher o meu coração com ainda mais amor. Gostava de o poder apresentar a toda a gente, para que percebessem do que falo. Como não dá, deixo-vos fotografias que vou fazendo, quando ele não está demasiado ocupado a correr que nem um tarado.

Do you remember ? Yap, he grew up. We knew that he was going to be big, but we weren't expecting this much. At this moment he is 10 months old and he has 41kg.
There are people that change sidewalks when we are walking with him, there are those who associate him to the "potentially danger breeds" and for that they put him aside,  there are also those who don't want their dogs near him, but there is also those who stop just to pet him, those who tell us that he is beautiful and those who fell in love for him.
He has a lot of muscles, but he also has this baby face. He has a giant heart and a lot of kisses to give away. He just wants to play with all the dogs he sees and he wants cuddles when it is time to sleep. He is a baby. A huge baby. As I like to call him a "baby love". And I couldn't imagine our life without him. Without him pushing me away because he doesn't have enough space, or without the whipping done by his tail when he is too happy, or without the hugs that he loves to give or even without his silly face when he sees a stick. I couldn't imagine my days without seeing their fights finishing in a cleaning-ears moment.
This giant monster came to fulfill my heart with more love. I would like to present him to everyone, but it is not possible. So I bring you some pictures that I have been doing, when he is not to crazy running every side.

Don't forget to follow:

366 Days Of Bolacha   Mariiana Capela's instagram  Snapchat: mariianacapela ♥ The Amazing adventures of Bolacha & Lì

Peace collar is from Tail Wag





























Sabiam que já me podem seguir através do Bloglovin' e serem avisados cada vez que publico algo? :))
Did you already know that you can follow me through Bloglovin' and be notified everytime I publish something?



Beijinhos/Kisses,
MariianaCapela



A bachelor party in Paris

Uma das coisas que me custou ao acabar o secundário foi perceber que certas amizades não passavam de amizades de secundário. Mais tarde acabei por perceber que faz parte do processo. Não é uma coisa má, negativa. As pessoas crescem, interessam-se por coisas diferentes, algumas acabam por se afastar, outras acabam por se aproximar. Também há aquelas amizades que acabamos por perceber que afinal não é preciso vermo-nos todos os dias, falarmos todos dias. E mesmo que não sejam as amizades mais próximas, é tão bom saber que certas coisas não mudam. E a Leonor não mudou. Nem a Daniela. Andámos juntas no secundário e lembro-me dela sempre com esta alegria e energia imparável. Lembro-me dela e da Daniela com a amizade mais estranha de sempre, com a amizade mais bonita de sempre. E de repente, olho para trás e já se passaram 5 anos. Já faz 5 anos que saímos daquele porto (meio) seguro e fomos empurrados para a vida adulta. What?! Ainda me sinto uma miúda! Uma miúda com responsabilidades de adulta. Uma miúda que por vezes deve esconder a miúda que há em si porque a sociedade julga um adulto com espirito de criança. As pessoas têm a têndencia de confundir imaturidade com o à vontade para se ser a criança que todos por vezes precisamos de ser, mas bom, isso são conversas para outras núpcias. Essa miúda voltou ao de cima neste fim de semana tão curtinho e tão cheio de bons sentimentos. A minha amiga vai casar. Ainda nem acredito. A minha amiga, que a meus olhos não passa de uma miúda como eu, sem grandes problemas de o ser, vai subir ao altar para dizer o sim ao amor dela. E eu não podia estar mais feliz por ela. (Quererá isto dizer que afinal estou mais velha do que pensava?!) Tive o prazer de poder ir à festa dela de despedida de solteira e fotografar alguns dos momentos dela com algumas das damas de honor. E foi tão bom. Foi sobretudo bom poder estar com elas, outra vez, voltar 5 anos atrás, e perceber que muitas vezes também parte de nós mexermo-nos mais para que certas amizades se mantenham mais perto. Lição aprendida.

Espero que gostem, tanto quanto eu gostei de fotografá-las.


One of the things that was harder for me when I finished high school was to understand that some friendships were only high school's friendships. Later I understood that it is normal and it is part of the process. People grow up, they get interested by different things, some move away, others get closer. Then there are those friendships that we understand that it is not necessary to talk and see each other everyday. And even if they are not the closest friendships, it is so good to understand that thing just don't change. And Leonor didn't change. Neither did Daniela. We studied together in high school and I remember Leonor with this contagious happiness and energy. I remember her and Daniela having the most strange friendship, the most beautiful friendship. And suddenly, I look back and 5 years passed. Already 5 years since we left high school and jumped into adult life. What?! I still fill like a young girl. A young girl with adult responsibilities. A young girl that sometimes has to hide the young girl in her because society judges adults with young spirits.  People have the tendency to confuse immaturity with having a young spirit, but that's a story for another day. And in this small and great weekend, this young girl came back to life. My friend is going to get married. I still can't believe that my friend, a woman with a young girl's spirit, like me, without problems to be it, is going to say the yes to the love of her life. And I couldn't be happier for her. I had the pleasure to go to her bachelor party and shoot some of the moments with the bridesmaids. And it was soooo good. 


I hope you like it, as much as I enjoyed to shoot them. 


Don't forget to follow:




Sabiam que já me podem seguir através do Bloglovin' e serem avisados cada vez que publico algo? :))
Did you already know that you can follow me through Bloglovin' and be notified everytime I publish something?



Beijinhos/Kisses,
MariianaCapela